terça-feira, 23 de novembro de 2010

Continuo acreditando em Vc Paizão.



Oi.


Faz um tempinho que não posto por aqui... To sem net again :|


Olha não sou um exemplo de pessoa de fé, nunca fui.
Acredito em Deus, e no seu poder.
Mas as vezes parece que só isso não é o suficiente pra mudar minha vida.


Ta tudo muito estranho na minha vida.
To me sentindo como Jó, so que sem as chagas, 'grazaDeus'.
To perdendo tudo, não que eu possuisse muitas coisas, mas o pouco que tinha, se foi...


Meu violão quebrou, e to extremamente abalada com isso.


2010 ñ foi um bom ano, pelo menos pra mim.
Nenhuma porta de emprego se abriu pra mim, e eu fiz muitas entrevistas, 
fui atrás de emprego, e nada deu certo ainda.


Moro com meus pais e eles resolveram se mudar pra uma cidade vizinha, 
não é tao longe de SP mas é um lugar onde não conheco nada nem ninguém. 
Meus amigos ficaram todos mais longe do que ja estavam, 
meu circulo social se desfez...


A coisa mais aceitável de td q aconteceu cmg foi o fim do meu namoro, 
ja ta superado.


Meu pai não fala cmg, minha irmã mal fala e qdo fala é 
pra jogar na minha car aque sou gorda, mal amada, 
q fui largada q nunca vou conseguir ninguém e blá blá blá, 
então sendo assim prefiro que ela não fale cmg mesmo.


Fiquei sem internet, rs mesmo tedo internet em casa, 
meu pai super fofo e nada egoista, 
ão faz rede cm meu pc pra eu nao usar a internet dele sem pagar. é, 
ele é um docinho mesmo 
(le-se ironia).


Eu sou grata por tudo que meus pais fizeram por mim, sei que nao sou mais criança, 
e entendo que meu pai nao divide nada cmg pra eu poder lutar pra ter o meu.
Minha mãe que sempre me ajuda com tudo, 
por mais que ela diga que nao tem como ajudar, ou que não mereço.


Minha irmã trabalha, mas (rs rs ) essa é igual meu pai, 
não da nada pra ninguem e nao divide nada com ninguém, 
principalmente se esse alguém for eu, mas eu nunca esperei muito dela.
Qdo ela precisa de mim ela vem atras e eu vou la e ajudo como posso.


Eu fico reclamando da minha vida e talz, 
mas eu sei que tem gente muito pior que eu por ai. 
Eu tenho o principal pra sobreviver que é Deus.
Eu tenho um teto pra morar, pais que ainda me sustentam, 
alguns luxos que muita gente nao tem, e ainda murmuro e reclamo.


Denunciando em mim um coração ingrato.
Eu nao sinto sono, durmo mal, penso muita porcaria, choro bastante,
escrevo muito, pra poder manter a cabeça no lugar, 
e não cometer nenhuma besteira.


Me sinto inútil, pra minha familia, pro mundo, pra Deus.
Um verme que não serve pra nada, 
do jeito que o inimigo da nossa alma quer que eu me sinta.


To fraca, nao tenho tomado santa ceia, tão pouco congregado, 
tem gente que pensa que nao, mas  a igreja é um lugar de reforço, de alimento.
To anemica, raquitica, sem forças pra ir até o outro lado da rua, onde fica a igreja, 
e não tem ninguem que me ajude, que me arraste por melhor dizer.


Mas é que Deus espera que eu use o resto de força em mim pra fazer isso.
Sei que se eu me dispor a ir, que o Espirito Santo me ajuda a chegar até la e vai ser bom, 
mas algo me amarra aqui dentro desse quarto.


Meu violão é de uma marca que nao vale nada, 
era um violão ferrado que um amigo me deu, 
(rsrs) ja foi (mal) reformado, tava meio empenado, 
mas ainda sim era a coisa que de maior valor eu tinha, e agora ja foi.


Sabe aquilo de "Deus me deu e ele mesmo tomou" que Jó disse?
É....


Preciso de atitudes expressivas que chamem a atenção de Deus.
Como se fosse muito dificil chamar a atenção dEle ne?
Um coração quebrantado é o suficiente, 
mas parece que meu coração não ta quebrantado o suficiente,
ou que meu louvor nao passa do teto, e que minhas lagrimas são secas, 
e ja não significam palavras pro Espirito Santo.


Ainda assim, espero e confio no meu Deus.
Pq Jó não entendia pq todas aquelas desgraças estavam lhe acontecendo, 
e Deus nao se pronunciava, mas Jó,
ao contrario de mim não murmurou, 
e as minhas 'desgraças' perto das de Jó são atitudes de criança mimada,
pq ele perdeu os filhos, suas terras, seus gados, suas riquezas, 
sua mulher ficou louca, os amigos ficavam perturbando ele 
julgando q ele havia pecado, e ainda por cima ele tava com lepra, 
seu corpo era podre, naquela época quem tinha lepra
era mandado pra um lugar longe eficava sozinho, 
era considerado imundo, desgraçado e praticamente condenado a morrer sozinho,
mas com tudo isso Jó foi sincero e fiel, 
e então Deus se pronunciou e restituiu tudo o que Jó havia perdido.


Jó sobreviveu ao "dia mau" e o dia mau dele foi bem pior que o meu, 
o Deus dele é o mesmo que o meu, então confiarei 
e esperarei na certeza que serei vencedora assim como Jó venceu em Deus!


Orem por mim.


Deus nos abençõe.


Bjo&abraços


@cari_na


#PAZ!













3 comentários:

. juh disse...

orei de novo amor ♥

. juh disse...

orei mais ♥

Cari_na disse...

*-* obrigado anjo ♥♥